Posted on

VAMOS FALAR DO TÃO FAMOSO “CHUPITAR”

Vamos falar do tão famoso CHUPITAR, que sempre falamos em nossos cursos.

Além de uma pratica quentíssima é muito importante para a saúde feminina.

E ai já pensou no que pode ser chupitar?
Se você arriscou a pensar em algo relacionado a “chupar”, acertou. Mas não tem nada a ver com lábios ou língua, não: chupitar é uma das estratégias do pompoarismo e consiste em um movimento que imita o sexo oral, só que feito com a vagina. O melhor é que o prazer é incrível tanto para o homem quanto para a mulher.

Questão de treino
Cada mulher leva um tempo até conseguir realizar o ato de chupitar. Geralmente, quanto mais jovem, mais forte é a musculatura e, por isso, menos tempo de exercícios será necessário. Porém, isso não quer dizer que as maduras não vão conseguir. E o mais interessante é que em cerca de dois meses, é possível aplicar o aprendizado no pênis do parceiro.

Uma semana de exercícios
É fundamental praticar uma semana de exercícios específicos de contração, sempre imaginando que está segurando xixi (mas nunca no ato de urinar).
-1° DIA: faça duas séries de 30 contrações do canal vaginal, com intervalo de um minuto.
-2° DIA: faça três séries de 30 contrações do canal vaginal, com intervalo de 55 segundos.
-3° DIA: faça quatro séries de 30 contrações do canal vaginal, com intervalo de 50 segundos.
-4° DIA: faça cinco séries de 30 contrações do canal vaginal, com intervalo de 45 segundos.
-5° DIA: faça seis séries de 30 contrações do canal vaginal, com intervalo de 40 segundos.
-6° DIA: faça sete séries de 30 contrações do canal vaginal, com intervalo de 35 segundos.
-7° DIA: faça oito séries de 30 contrações do canal vaginal, com intervalo de 30 segundos.

Lembrando que esse é o exercício para a primeira semana, para mais informações dos outros exercícios venha bater um papo com a nossa Consultora em nosso espaço… E já garantimos, você não irá se arrepender…

Teste sua força
Com a vagina “malhada”, é hora de testar sua força introduzindo o dedo médio e checando o poder das contrações. “Para isso, tente contrair também os músculos do abdome, como se o seu umbigo estivesse entrando no seu corpo. Depois relaxe os músculos.

Hora de gastar um pouquinho na nossa Boutique Pimenta Caiena
Você também pode colocar só a parte inicial de um vibrador simples (no formato de um batom) e tentar sugá-lo e expulsá-lo. Outra dica: são as bolas Ben-wa, duas ou mais bolas ligadas por um cordão de silicone. Ao introduzi-las na vagina, a mulher também pode exercitar o assoalho pélvico sugando e expulsando as bolas.

Cuidado com o parceiro
Ponto importante: os treinos iniciantes sempre devem ser feitos em um vibrador e nunca no pênis do parceiro, pois isso pode machucá-lo.

A dois
Para praticar a dois, a posição ideal é com o homem deitado de de barriga para cima e a mulher sentada por cima. Desse modo, ela consegue observar a reação do parceiro.
A percepção é mais acentuada num momento de menos barulho.

Todo mundo ganha
Depois do treino, o chupitar é simples. Pense na ação de uma criança sugando uma chupeta: é esse o movimento que você deve fazer com a vagina no pênis do par. Para ele, a sensação vai ser de um sexo oral turbinado. Em vez da sua boca, a umidade da vagina e as contrações vão potencializar o tesão, coisa que não se vê constantemente. .Já as experts em pompoarismo relatam que dá para sentir o pênis por completo, de uma maneira mais amplificada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *